segunda-feira, 14 de abril de 2014

Nova Raça para TRPG: Revenant (Com talentos raciais!)

Não é tão bonito, mas está vivo!
Ola, leitores! Como vão? Hoje estou aqui para apresentar uma nova raça para vocês, direto da Dragon Magazine: os Revenants! Revenants são personagens que morreram a muito ou pouco tempo que retornam a vida graças a poderes de uma entidade extra-planar chamada Senhora dos Corvos, ou sobre a vontade de algum deus maior.

Esta raça está sendo usada por um de meus jogadores que morreu e agora voltou na campanha de Ravenloft, porém é uma ideia que eu tive durante a campanha de Darksun. Revenant quer dizer Retorno em francês (o que faz muito sentido), por isso a raça é uma ótima opção para mestres que não gostam de magias de renascimento (como eu), ou como um meio de lidar com um TPK na sua mesa. Curtiu? Continue lendo!

Revenants

Muitas vezes a morte é o fim, porém para alguns indivíduos ela é apenas um novo começo. Revenants são almas afortunadas ou não que renascem não como corpos vazio, mas como indivíduos com novos propósitos. Para sempre escondidos ante a sombra do que foram, estes espíritos retornam para viver uma pós-vida terrena, nem mortos, nem vivos, apenas algo além.



Personalidade. Seja qual for o propósito que trouxe um revenant de volta a vida, este sempre saberá - mesmo que de forma enevoada, como uma profecia. Por isso são determinados, agindo de acordo com o seu grande objetivo manda, sabendo pouco, ou quase nada do seu passado (apenas lapsos de memória ou nomes soltos quando muito sortudos), não possuem nada para segura-los a seguir seus objetivos.

A pós morte também torna os Revenants corajosos, além de sua agilidade acima da média, possuem um raciocínio lógico elevado, além de nobreza e lealdade aqueles que geram laços com seu novo eu. São seres trágicos e taciturnos, mantendo um ar mais sombrio até entre os mais carismáticos entre eles.

Aparência. Revenants podem ser de vários tipos, dependendo do poder que os trouxe. No geral, a Senhora dos Corvos é a principal ativa na formação dessas criaturas, sendo assim os criados apenas pela sua vontade costumam possuir escamas como de patas de corvos próximo ao fim de seus membros, ou uma espécie de tatuagem que os identifique. Mesmo sendo parecidos com sua raça anterior e tendo uma parte viva, não podem se reproduzir normalmente, apenas a Senhora dos Corvos pode criar outros revenants.

Alguns possuem um rosto que lembra uma máscara, costumam chamada de a mascara da vida, expressão usada como piada para aqueles que enganam a morte. Alguns voltam em corpos diferentes e lembram de sua história, outros não lembram de nada e mantém-se ainda mais calados. No geral possuem pele pálida ou muito branca, cabelos em tons de cinza ou negros e olhos negros de pupila carmesim.

Relações. Revenants costumam se relacionar bem com aqueles que se relacionam com sua raça, muitos são confundidos com vampiros graças as feições a características sombrias de sua anatomia, porém muitos passam por membros exóticos de sua raça anterior. Muitos possuem cicatrizes de batalhas anteriores, podendo assustar muitos desavisados, enquanto outros podem ter uma pequena aura da tendência de quem os fez ser invocados (magias como detectar tendência ou detectar magia conseguem sentir essa aura) fazendo com que divinos ou arcanos de qualquer espécie desconfiem dos Revenants.

Tendência. Revenants podem ser de qualquer tendência, inclusive podendo ter tendência diferente ao seu eu anterior, porém a tendência Leal é a mais comum entre esse povo indicando sua devoção fervorosa ao seu ideal, mesmo que não saibam por quê.



Terra dos Revenants. Revenants são raros e sozinhos, incapazes de se reproduzir sozinhos e amaldiçoados na solidão de não possuir entes queridos, assim tornando impossível a criação de comunidades desse tipo. Dizem as lendas que comunidades desse povo só aparecem em territórios extra-planares sobre o domínio da morte. Em mundos onde existam muitos mortos-vivos ou onde há um reino dos mortos uma comunidade pode existir, talvez.

Nomes. Revenants costumam-se chamar por nomes variados, sempre seguindo palavras que lembram sua personalidade sombria e soturna, alguns possuem nomes de mortos-vivos, como: Ravena, Corvo, Ghost, Whrath, Cinza, Sombrio, Fábula.

Aventuras. Se tem uma coisa que é verdade sobre os Revenants é a sua natureza aventureira. Renascidos com apenas um ímpeto misterioso em sua cabeça, esses seres seguem o caminho da melhor forma possível, ou da maneira que conseguem se lembrar. Sua agilidade favorita opções ágeis como Ranger, Ladino e Swashbuckler, sua resistência incomum cria ótimos feiticeiros e necromantes, mas qualquer caminho que este escolha será um caminho bem sucedido.


Traços Raciais
  •  +2 em destreza, +2 em uma habilidade escolhida pelo jogador (menos constituição).
  • Revenants são seres renascidos de outras raças, por isso mantém o tamanho (com bônus e penalidades por isso) de sua raça original. Além disso, mantém o deslocamento de sua raça original também.
  • Visão no escuro.
  • Morto-vivo. Revenants não são considerados humanóides, sendo imunes a magias que afetam apenas esse tipo de criatura. São afetados Normalmente por magias e habilidades de classe que afetam Mortos-vivos. A parte viva de um Revenant ainda pode ser curada por magias de curar ferimentos, porém ainda sofrem restrições de magias de ressureição.
  • Não são destruídos com 0 PVs.
  • Revenants são considerados membros de sua raça anterior e desta raça.
Escolha duas das habilidades abaixo:
  • +2 em uma habilidade a escolha do jogador (pode ser constituição).
  • Uma habilidade de sua raça anterior (esta habilidade pode ser escolhida mais de uma vez).
  • Resistência a necromancia 5.
  • Redução de dano 3/ corte.
Talentos Raciais
Raise from your grave!

Anatomia Morta

Pré-requisito: Revenant
Você não precisa mais comer ou dormir, porém ainda pode fazer por prazer ou disfarce.

Espírito Caído

Pré-requisito: Revenant, sab 13, 5º nível
Você recebe um bônus de +4 para resistir a fascinar ou expulsar mortos-vivos.

Vitalidade Decrépita

Pré-requisito: Revenant, 5º nível
Quando fica com menos de 0 pvs pode escolher se manter acordado, você fica lento (só pode realizar uma ação por turno, metade do deslocamento, -1 em CA, ataques e reflexos) e ainda morre com a metade negativa dos seus PVs.

Herança Mortal

Pré-requisito: Revenant.
Você recebe outra habilidade racial da sua raça anterior.

E então, galera? O que acharam dessa nova raça? Comentem!


Abraços ou beijos

    23 comentários:

    1. Olha, uma das raças mais legais que eu vi por aqui até hoje. Ficou redondinha. ;)

      Tenho ideia de usar brevemente. =)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou Chris, to usando la na mesa já, primeira sessão é sexta ahha

        Excluir
      2. Pedro seria possível fazer uma adaptação para Familiares (Mago) que sejam metamorfos? Por exemplo, não temos familiar para Magos que sejam dragões. Entende? O que pensa a respeito?

        Excluir
    2. Olá pessoal

      Legal essa adaptação dos Revenant do D&D 4ª. Você poderia adaptar mais talentos raciais do original para o TRPG.

      Até mais

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Valeu Iron Man! que bom que gostou da adaptação. Sobre os talentos, a maioria deles servia para ganhar habilidades das raças anteriores com uma nova roupagem, mas se eu achar um ou mais que possam ser adaptados vou postar, ok?

        Abç

        Excluir
      2. Olá pessoal

        Bom. Para isso terei que ver se algo pode ser adaptado, mas primeiro tenho que adaptar outras raças para TRPG. Contudo, estou com duvida com duas habilidades de raça. Pois as habilidades resistencia a necromancia (que é necessario explicar melhor) e a redução de dano é de habilidades de raças anteriores? Mas como? Não me lembro de alguma raça possuir isso? É melhor verificar isso direito.

        Até mais

        Excluir
      3. Vc já leu o manual das raças? A raça tem o mesmo esquema que os minauros. Ta vendo as quatro bolinhas depois de "Escolha duas das habilidades abaixo:"? Então, o revenant escolhe duas dentre as 4 habilidades ali presentes, a redução de dano e aresistência a necromância são únicas da raça, porém a raça qareen possui algo parecido. Dê uma olhada

        Abç

        Excluir
    3. Ficou perfeita a raça. Muito legal mesmo! Parabéns!

      ResponderExcluir
    4. acho que um modelo seria melhor. com o modelo tem a vantagem de manter as vantagens raciais, que essa raça não tem. um anão Revenant nunca vai poder andar de armadura pesada sem perder velocidade, coisa comum pra qualquer anão.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Mas é claro que pode, só precisa escolher isso como uma das habilidades da raça ora bolas haha E um modelo tira a ideia da raça q é poder começar jogando direto com ela

        Excluir
      2. Verdade, ele pode fazer isso sim. E pode vir a ter todas as características de um anão, via talento racial.

        Excluir
    5. Olá pessoal

      Olha uma coisa que notei que quando você postou esta raça aqui não há descrições sobre religião e idiomas que os Revenats seguem ou falam. Eu concluo que a religião tem um impacto forte neles, pois como seres que "retornam" a vida isso seria importante de falar, quando ao idioma parece obvio que eles falam os idiomas comuns das raças que eram antes de voltar?

      Estou certo ou é algo diferente?

      Até mais

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olha, eu não me foquei muito em tópicos de religião pq tenho 3 campanhas atualmente e cada uma é em um cenário ahhaha ai preferi não entrar no assunto, porém vamos aos fatos:

        Revenants são seres que voltam a vida graças aos caprichos de uma entidade mistica, certo? Revenants que retornam apenas pela vontade da Senhora dos corvos vão ser aquele personagem que acha que deuses existem, só não se importa. Porém aqueles que voltaram a vida como um favor prestado pela senhora ao deus em questão podem estar marcados pela presença daquele deus, como sentir um ímpeto de procurar seus dogmas e até seguir obrigações e restrições dos mesmos (mesmo não ganhando NADA com isso).

        Além disso, para um deus querer retornar alguém esta precisa ser alguém de suma importância para ele, então o Revenant vai ter uma personalidade e ações dignas do maior dos devotos daquela divindade.

        Espero que tenha ajudado ahha

        Abç

        Excluir
    6. Meu personagem virou um revenants, ele é(era) um elfo negro, feiticeiro negro, então á história da criação dos revenants com a do meu personagem bateram bem. Pena que o maldito do meu mestre não deixou eu utilizar as habilidades da forma como esta descrito aqui. mais adorei.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. cara, eu tinha certeza que já tinha te respondido. Acho que deve ter dado erro no dia haha enfim, o que o teu mestre propôs?

        Excluir
    7. Lendo esse post, que está muito bom (diga-se), uma outra coisa que me chamou a atenção foi o fato de você ter mencionado a Dragon Magazine, o que me fez ficar em dúvida.
      Existe no Brasil atualmente alguma revista que possua relação com RPG, tais como foram um dia a Dragão Brasil, Dragon Slayer, Tormenta, etc.?
      E no exterior, quais são as revistas que mais se destacam nesse segmento?

      Obrigado :)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. No brasil eu acho que não existe nenhuma. Nos EUA tem as clássicas Dragon (Foi de onde tirei a raça), além da Dungeon e algumas outras como uma tal de Kobold e umas q já ouvi falar e não lembro o nome.

        Valeu pelo elogio, mano.

        Abraço e continue lendo e comentando!

        Excluir
    8. Veja só, achei essa raça muito bacana, ela tem um flavour legal, você escolheu ótimas imagens pra ilustrar, acho que ficou um bom trabalho. No entanto, acredito que você esqueceu de um detalhe muito importante: Ela esta obviamente mais forte que as raças convencionais e, portanto, necessita de PELO MENOS um LA+1. Esse nível de ajuste é pra compensar as muitas coisas boas que ela oferece a troco de absolutamente nada. Receber as traits de um undead e ainda não levar dano de energia negativa é no mínimo...desbalanceado, pra não dizer mais.

      Em termos de flavour, está ótimo. É só que eu gostaria de acrescentar que merece um LA de NO MÍNIMO +1, talvez até mesmo +2. Para os que gostam de meio-vampiros, recomendo o Half-Vampire do Libris Mortis, que é melhor que essa raça, mas tem LA +2.

      Abraços.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Anônimo, eu até entendi sua proposta, mas acho que não será necessário. A raça Revenant não possui as imunidades de mortos vivos, só são consideradas esse tipo de criatura ao invés de humanoide para vários efeitos. Ou seja, nada de imunidade a dano em habilidade, necromancia, etc.

        Da pra perceber isso pelos talentos raciais aonde você pode pegar talentos para não precisar mais comer, receber resistência a necromancia, etc. Agora ela pareceu mais balanceada?

        Abç

        Excluir
    9. Dúvida: Canalizar energia positiva de um clérigo em um revenant irá curar ou causar dano?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O que o clérigo escolher. Ao usar Canalizar ele tem que escolher se vai curar PV ou causar dano em Mortos-Vivos, não é possível fazer ambos ao mesmo tempo. Como o Revenant se cura normalmente, mas é um Morto-Vivo, ele pode ser afetado por ambas as escolhas.

        Excluir

    Qualquer forma de agressão, ofensas, desrespeito, discussões, preconceito racial, sexual, religioso ou ético, será banido. Somos jogadores de RPG, e não de futebol... E se você é Troll eu sou Elfo (Away)