sábado, 24 de dezembro de 2016

Classe de Prestígio - TRPG: Sectário do Crepúsculo



Prisioneiros entre o dia e a noite

Antes do surgimento dos Sar-Allan, o Deserto da Perdição foi habitado por muitas outras tribos. Dentre essas havia um povo que, por algum motivo esquecido pelo tempo, tentava agradar tanto Azgher como Tenebra, irmãos em eterna guerra. E, para surpresa da própria história, conseguiu.
De alguma forma aquele povo conseguiu agradar aos dois deuses, caindo em suas graças. E entre eles, seus devotos se tornaram sacerdotes da aurora e do crepúsculo, os momentos em que Azgher e Tenebra se encaram respeitosamente por cima da abobada celeste em sinal de trégua.
Apesar de terem agradado aos deuses do Sol e das Trevas mutuamente, o mesmo não poderia ser dito dos mortais. Seus costumes eram vistos com receio e estranheza. Não obstante eram hostilizados e não eram recebidos entre os outros povos do deserto, o que é péssimo quando se vive num lugar de nômades e tribos rivais.
Não demorou muito para que as primeiras crises viessem. Escaramuças de inimigos e religiosos intolerantes criavam clima para agressões. Em julgamentos dos califas e xeiques, sua natureza se tornava alvo de acusações, mesmo quando o réu era o outro. E sempre eram culpados. Por devotos de Azgher eram taxados como uma seita vil e maligna que buscava corromper e destrui-los por dentro e entre os seguidores de Tenebra também não eram tolerados, vistos com desconfiança: criaturas traiçoeiras que traziam o sol até a escuridão para aniquilá-la.
Tal era a perseguição que em poucos anos os adeptos da então chamada “seita”, a qual seus algozes denominaram “Sectários do Crepúsculo”, rarearam ao ponto da extinção. Mortos ou então abandonando seus sacerdotes à própria sorte, arrependendo-se para poder viver em paz, ou simplesmente partindo e negando seu passado até o fim da vida.
Uma história triste. Um povo que atraiu a piedade de deuses inimigos, mas não de mortais preconceituosos. Acima de tudo esta é uma história sobre a natureza dos homens. Mas... No fim, quando Azgher e Tenebra olharam para Arton, viram apenas um de seus filhos em comum caído de joelhos em meio ao deserto, sob o céu multicolorido do crepúsculo. Dizem que foi a única vez que os dois choraram juntos pelo mesmo motivo. Embora se odiassem, tiveram pena do último que sobrara daquele povo que por tentar o que nem eles ousavam, encontraram seu fim. E então... Deram sua última benção aquele que restou.
Somente um sobreviveu. Mas viveu por mil vezes mil dias. E plantou em cada coração que encontrou e onde havia solo fértil uma semente de dúvida. Muito tempo passou, mas um dia encontrou seguidores. Não muitos. Não alguns. Apenas quase nenhuns. Mas persistiu. E assim uma ideia viveu para sempre e ainda vive, enraizada como a árvore que cresce no meio do seco deserto, cujas raízes são tão profundas e tão longas que vão até o mar para obter água. Para viver e frutificar. Por onde andará o sobrevivente? Qual será seu nome? Já encerrou sua vida? Nada disso se sabe. Só o que se sabe é que neste momento, em algum lugar é batizado um novo Sectário do Crepúsculo. E a seita vive! Quem será ele?



8bac42538d6f12b7a346934fc901d20d.jpg
"Três coisas não podem ser escondidas por muito tempo: o sol, a lua e a verdade"


Pré-Requisitos

Para se tornar um Sectário do Crepúsculo o personagem deve preencher os seguintes pré-requisitos
Bônus Base de Ataque: +5
Perícias: Ser treinado em Conhecimento(Religião)
Talentos: Foco em Arma(Qualquer)
Especial: Deve ser Devoto de Azgher ou de Tenebra e ser iniciado por outro Sectário do Crepúsculo.

Características da Classe

Um Sectário do Crepúsculo recebe 5 PV (+mod. Con) por nível.

Sectário do Crepúsculo
Nível
BBA
Habilidades de Classe
1º
+1
Paradoxo Vivo. Benção da Justiça/Magias
2º
+2
Escrito nas Estrelas. Canalizar Energia (+1d6)
3º
+3
Aliado do Dia / Amante da Noite (+1d6 de dano elemental)
4º
+4
Amigo Comum do Sol e da Lua. Canalizar Energia (+2d6)
5º
+5
Litanias de Luz e de Trevas. Paradoxo Vivo (Poder Concedido).
Aliado do Dia / Amante da Noite (Explosão)
6º
+6
Piedade do Sol/Auxílio da Lua.Canalizar Energia (+3d6)
+7
Aliado do Dia / Amante da Noite (Poderes)
8º
+8
Canalizar Energia (+4d6)
9º
+9
Paradoxo Vivo (Poder Concedido).
10º
+10
Armistício do Deus Sol e da Mãe Noite. Canalizar Energia (+5d6)

Habilidades de Classe


Paradoxo Vivo:  Você é a lembrança viva de um tempo anterior à luta entre Azgher e Tenebra. No primeiro nível o Sectário do Crepúsculo recebe o talento Sincretismo (Tenebra para caso seja devoto de Azgher ou Azgher caso seja devoto de Tenebra), ignorando a restrição de tendência dos deuses para este talento. Você ganha um Talento de Poder Concedido nos níveis 5 e 9.
Você se torna um ser de interesse para ambas as divindades. Caso morra durante o dia, sua alma irá reencarnar em Solaris, o mundo de Azgher; caso morra durante a noite, sua alma irá reencarnar em Sombria, o mundo de Tenebra.

Benção da Justiça/Magias: níveis ímpares de Sectário do Crepúsculo acumulam-se com níveis numa classe conjuradora divina que o personagem já possua para propósitos de magias conhecidas e PM. Como alternativa, à escolha do jogador, níveis de Sectário do Crepúsculo podem contar como níveis de paladino para determinar efeitos da habilidade bênção da justiça.

Canalizar Energia: A partir do 2º nível, você pode emanar uma onda de energia positiva (durante o dia) ou negativa (durante a noite) com alcance 9m a partir de você.
Quando canaliza energia positiva, pode curar criaturas vivas ou causar dano em mortos-vivos - faça a escolha no momento do uso. A quantidade de dano é igual a 1d6 mais 1d6 a cada 2 níveis de Sectário do Crepúsculo seguinte. Criaturas que sofrem dano têm direito a um teste de Vontade (CD 10 + metade de seu nível nesta classe + modificador de Carisma) para reduzir este dano à metade.
Usar esta habilidade é uma ação padrão e ela pode ser utilizada um número de vez por dia igual Mod.Carisma+1.
Caso já possua Canalizar Energia por outras classes, seus níveis se somam para determinar seus efeitos, exceto que os efeitos durante o dia e durante a noite se sobrepõem à outras classes.

Escrito nas Estrelas: A partir do 2º nível , durante o dia o sol aponta o caminho para encontrar o que você busca. Você pode usar a magia Dedo Duro um número de vezes igual ao seu mod. de Car.
Durante a noite, você não vê o destino nas estrelas, elas o contam pra você. À noite você pode usar a magia Augúrio o mesmo número de vezes. E se o augúrio falhar, "a culpa é das estrelas".

Aliado do Dia / Amante da Noite: Você sabe do valor da amizade de um companheiro valente e do cuidado com o ser amado. No 3º nível, ao empunhar uma arma em que você possua foco, o Sectário do Crepúsculo inflige  +1d6 de dano por fogo durante o dia e +1d6 de dano por frio durante a noite, cumulativos com quaisquer outros. Ao atingir o 5º nível, ao rolar um acerto crítico a arma causa +1d10 de dano de fogo durante o dia e +1d10 de dano de frio durante a noite. Ao atingir o 7º nível, durante o dia a Arma recebe o poder Energia Brilhante e durante a noite Toque Espectral.

"A piedade dos deuses não se compara à brutalidade dos homens."


Amigo Comum do Sol e da Lua: Em sua sabedoria você trata seus amigos-inimigos de forma tão justa que eles o respeitam mutuamente, mesmo se odiando. A partir do 4º nível, as benção de Azgher e Tenebra começam a entrar em sintonia, permitindo ao Sectário acesso a poderes e conhecimentos conforme determinado momento do dia.

Durante o dia você se torna imune a efeitos de calor (como se estivesse sob efeito da magia suportar elementos, mas apenas para calor) e uma vez ao dia pode fazer verter água de uma formação rochosa, o suficiente para 5 criaturas médias.
Durante a noite você se torna imune a efeitos de frio (como se estivesse sob efeito da magia suportar elementos, mas apenas para frio) e consegue detectar a presença de mortos-vivos como se estivesse sob efeito constante da magia detectar mortos-vivos.

A partir do 6º nível, durante o dia seus olhos se tornam mais afiados, lhe permitindo enxergar mais longe e notar coisas que não notaria normalmente. Você reduz a penalidade por atirar fora do incremento da arma em 2. Além disso ganha +4 em testes Percepção para Observar ou Procurar.
Durante a noite você se torna capaz de se misturar às sombras quase como se fizesse parte delas. Você ganha +4 em testes de Furtividade para se esconder, além disso pode se esconder mesmo que esteja sendo visto.

A partir do 8º nível, os deuses conversam com o sectário e o mesmo se torna quase um embaixador entre Azgher e Tenebra. Azgher te aconselha, Tenebra lhe protege. Uma vez ao dia você pode re-rolar uma jogada recém feita e ficar com o melhor resultado. Como alternativa você pode escolher, após a rolagem de um inimigo, obrigá-lo a fazer uma nova rolagem e ficar com o pior resultado.

Você deve usar este efeito antes do mestre anunciar se a rolagem foi bem sucedida.


"Há momentos em que a solidão e o silêncio se tornam formas de liberdade"


Litanias de Luz e de Trevas : O dia e noite dividem tanto as terras, como suas orações, mas a cada um em sua hora você ora com a mesma devoção. E obtém sua simpatia.  No 5º nível o Sectário do Crepúsculo recebe a habilidade de canalizar sua energia divina para gerar diversos efeitos. Você pode gastar uma ação completa para recitar uma das litanias a seguir e causar um dos seguintes efeitos:

Andar nas Sombras: Sua comunhão com a deusa das trevas lhe permite andar por entre caminhos secretos e por dentre o Plano das Sombras. Você pode gerar um efeito semelhante ao da magia Andar nas Sombras. Você gasta 2 usos de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Armadura de Trevas:  Você canaliza sua energia criando uma armadura feita de trevas, gerando o mesmo efeito da magia Armadura de Trevas. Você não precisa de uma opala para sustentar o efeito, utilizando o seu símbolo sagrado no lugar. Você gasta 2 usos de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Benção Estelar:  O Sectário do Crepúsculo se torna um canal por onde fluem as energias das estrelas. Durante a noite você recebe Visão no Escuro e +2 em todas suas habilidades mentais. Durante o dia você recebe Visão da Verdade e +2 em todas suas habilidades físicas. Os efeitos desta litania duram 10 minutos. Você gasta 2 usos de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Benção Lunar: Você recebe Resistência 10 contra Fogo e um bônus de +4 em testes de resistência contra magias com descritor Fogo durante 1 minuto. Benção Lunar só pode ser utilizada durante a noite.  Você gasta 1 uso de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Benção Solar:  Você recebe Resistência 10 contra Necromancia e um bônus de +4 em testes de resistência contra magias com descritor Necromancia durante 1 minuto. Benção Solar só pode ser utilizada durante o dia. Você gasta 1 uso de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Farol: Você ergue o seu símbolo sagrado e dele surge uma grande explosão de luz em forma de cone. Espíritos Malignos e Mortos-Vivos dentro da área do cone devem fazer um teste de vontade (CD 10 + seu nível nesta classe + modificador de Carisma) toda a rodada ou ficam apavorados por 1 minuto. Inimigos que terminem seus turnos expostos ao farol entram em combustão, tomando 2d6 de dano por fogo por rodada, até que saiam da área. Você pode sustentar este efeito através de concentração, até 1 minuto, e pode redirecioná-lo 1 vez por rodada.Você gasta 1 uso de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Purificação pelas Chamas: Você ergue seu símbolo sagrado que lhe permite invocar uma parcela do calor presente em Solaris. Ao utilizar esta litania, você gera um efeito semelhante a magia Chamas de Tauron.  Você gasta 1 uso de Canalizar Energia para gerar este efeito.

Piedade do Sol/Auxílio da Lua: O sol e a lua correm em seu auxílio quando seus intentos encontram o fracasso. A partir do 6º nível, durante o dia, se falhar em um teste de Diplomacia, você pode rolar o teste novamente, mas apenas uma vez para um mesmo teste. Durante a noite, se falhar em um teste de Intimidação, você pode fazer o mesmo.


Armistício do Deus Sol e da Mãe Noite : Seu zelo e carinho com Azgher e Tenebra dá frutos com os quais nem você poderia sonhar. Em reconhecimento à sua devoção, os deuses o declaram território de trégua total. A partir do 10º nível, todos os seus poderes podem ser acessados tanto de dia quanto de noite.

Além disso, os deuses lhe respeitam e lhe concedem o direito de decidir com qual dos dois irá passar a eternidade ao morrer, mas você sempre pode fazer uma visitinha ao outro deus quando quiser e pode usar Viagem Planar entre os dois planos 1 vez por semana enquanto estiver lá. Mas só se levar um presentinho.


"O Crepúsculo aqui detém uma beleza serena...
Você tem que vê-lo por si mesmo, quando o sol se põe neste mundo."


A Dicotomia entre a Luz e a Escuridão

Olá, pessoas este é mais um post meu aqui na internet. A luta entre Azgher e Tenebra sempre foi algo que eu gostei muito no cenário de Tormenta, mesmo este sendo um conceito comum na cultura pop a dicotomia entre a luz e a trevas, a escuridão e o claro, fogo e gelo, vida e morte, paixão e temperança, Ying e Yang. Entretanto por me considerar uma pessoa que não adere a extremos e gostar muito de imaginar que ambos trazemos um pouco de tudo dentro de si tentei imaginar em como seria um devoto de ambos os deuses.

O parto desta classe (sim, de fato foi um parto) começou a pouco mais de um ano (talvez mais). Jogava uma campanha com alguns amigos e eu estava a montar já esta Classe de Prestígio, mas a pegada dela era completamente outra sendo apenas uma classe exclusiva para Paladinos e que misturava os poderes de Paladino e Algoz, entretanto nunca chegava a um resultado que me agradava. Larguei de mão. Meses passaram e saiu uma Gazeta do Reinado onde citava um antigo sumo-sacerdote que possuía o poder de ambos os deuses, e aquilo me deu novas idéias, mas aparentemente me faltava a vontade de botar no papel.

O tempo passou e então eu comecei a narrar uma aventura para um grupo de conhecidos. Me lembrei da história do sumo-sacerdote e resolvi inserir na história colocando um plot maior do que tinha pensado a principio e aos poucos comecei a ter mais e mais ideias até finalmente começar a sentir as contrações e notar que o tempo desta classe finalmente nascer estava chegando. Mostrei ela para alguns amigos, dentre eles o Chris (que cá entre nós a cor dos olhos dela pertence a ele), e então me pus a escrever, reescrever e o nascimento dela finalmente ocorreu.

Por fim, o Chris me fez o convite e me cedeu o espaço para estar postando este material aqui. Afinal, o meu Blog anda em hiato (apesar da fanpage no facebook ainda estar ativa) e vai levar um tempo para eu revive-lo (quem sabe neste início de ano). Entretanto, eu me sinto muito feliz de postar aqui. Primeiro, por ser o Blog de alguém que considero pacas pela a forma que expressa e consegue pontuar seu ponto de visa. Segundo por pertencer a pessoas que acho incríveis e as quais eu respeito o trabalho.

Enfim, e já que me foi permitido estar divulgando, aqui fica o link para a fanpage do meu blog o Caverna do Velho da Muleta no Facebook. 

15 comentários:

  1. Cara eu curti muito toda a historia por trás da cdp, parabéns pelo trabalho

    ResponderExcluir
  2. Show de bolhas, aê. Habilidades que gastam usos de Canalizar Energia = paixão instantânea. =D

    "Gandalf curtiu Farol."

    "Nasgûl não curtiu Farol."

    XD

    ResponderExcluir
  3. teve referencia ao pirula ai? auahuahuahuahuaha


    as bençãos lunar e solar só podem ser usadas durante o dia, ou uma das duas esta errada?

    parabens pelo material

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim foi uma referencia a ele. haha

      De fato, houve este errinho. Já corrijo ;)

      Excluir
  4. Gostei :D
    Classe interessante, séria mais interessante se acumulasse todos os níveis de conjurador kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei nisto a princípio quando estava montando a classe.
      Ela tem o conceito de ser não apenas para clérigos, como para Paladinos também.

      Como ela ganha uma boa quantidade de vantagens (Suas armas ganham dano extra, efeito de Energia brilhante/Toque especial. Poderes Concedidos gratuitamente e alguns efeitos que trocam usos de Canalizar por efeitos poderosos, dentre outros...) eu achei sensato não dar 100% de magias.

      Fico feliz que tenha gostado. Muito obrigdo mesmo.

      Excluir
  5. Achei uma ótima opção para seguidores divinos, embora eu ache que seguir Tenebra sempre seja melhor que adorar ao beduíno.

    A classe é ótima com boas habilidades. A de nível 10 nada mais é que justa. Uma cereja no bolo!

    Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com esta classe você é um devoto de ambos haha.

      Fico feliz que tenha gostado. haha

      Excluir
  6. Finalmente terei um pai e uma mãe ao mesmo tempo Hahahaha
    Gostei demais da classe, sempre fui fã dos dois deuses e acho que cairia perfeitamente com um personagem meu de dupla personalidade. Com certeza experimentarei essa classe!

    Isso abre um plot legal para a questão de que entre Tenebra e Azgher existe algum amor não solucionado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado.

      Personagens assim são divertidos, espero que você se divirta bastante haha

      Excluir
  7. Velho eu nem costumo comentar mas esse mereçe. Muito boa a CDP e o background ficou ótimo. Parabéns pelo ótimo trabalho.

    ResponderExcluir

Qualquer forma de agressão, ofensas, desrespeito, discussões, preconceito racial, sexual, religioso ou ético, será banido. Somos jogadores de RPG, e não de futebol... E se você é Troll eu sou Elfo (Away)